Missão do Diagnóstico Rápido Participativo da Cultura do Sisal

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma equipa multissectorial composta por, técnicos do IAM, do Centro de Estudos Sociais e Económicos (IIAM), da Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal (FAEF) e dos Serviços Distritais de Actividades Económicas – SDAEs, realiza entre os dias 11 a 22 de Dezembro do ano em curso, uma missão de diagnóstico rápido e participativo nos distritos de Monapo, Mossuril, Mogovolas, Angoche e Momo na Província de Nampula.

  A missão tem como principal objectivos verificar in loco e recolher informações sobre a cultura do sisal, com vista a contribuir para o desenvolvimento de um programa operativo para revitalização da cadeia de valor do sisal e responder as novas exigências para a produção de fibras naturais.

 Ressaltar que esta missão surge no âmbito das novas atribuições e competências do IAM, aprovado pelo Decreto 36/2015 de 31 de Dezembro, onde o IAM para além do algodão, passa tutelar a cultura do sisal e outras culturas para fins têxteis, com grande potencial de mercado.

Contactos

Av. Eduardo Mondlane, 2221 - Maputo   +258-21-431015/6   This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Sobre Nos

O Instituto do Algodão de Moçambique (IAM) é uma instituição pública tutelada pelo Ministério da Agricultura e Segurança Alimentar e criada pelo Decreto n° 7/91, de 23 de Abril, cujas atribuições e competências constam do Decreto n° 36/2015, de 31 de Dezembro.